Show simple item record

dc.contributor.advisorOliveira, Laura Alice Santos de.
dc.date.accessioned2024-05-21T19:01:32Z
dc.date.available2024-05-21T19:01:32Z
dc.date.issued2021
dc.identifier.citationMEDEIROS, Victoria Maria Garcia de. Abordagem fisioterapêutica na miosite viral: um relato de caso. 41 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Fisioterapia), Instituto Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/20.500.12083/841
dc.description.abstractA miosite viral ou miosite aguda benigna da infância da (BACM, sigla em inglês para Benign Acute Childhood Myositis) é uma doença rara, que afeta principalmente meninos em idade escolar. Surge comumente após infecção viral das vias aéreas superiores, com um quadro de dor de início súbito nas panturrilhas, fraqueza da musculatura proximal e prejuízos funcionais tais como limitação da marcha e das atividades de vida diária. O diagnóstico é confirmado pelo quadro clínico e pelos achados laboratoriais compatíveis com a BACM. O objetivo do estudo foi relatar os efeitos de um programa de reabilitação de um adolescente diagnosticado com miosite viral que apresentou um quadro de evolução atípica da doença. O paciente tinha 14 anos, sexo masculino e apresentou um quadro atípico de evolução da BACM com manutenção da fraqueza e dos prejuízos funcionais por vários meses. Após buscar atendimento fisioterapêutico no Instituto de Neurologia Deolindo Couto (INDC), iniciou a reabilitação no setor de fisioterapia. A condução do presente caso foi baseada na Classificação Internacional de Funcionalidade e no uso do conceito de Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva. Após 3 meses de atendimento o paciente havia recuperado boa parte da sua funcionalidade e de força muscular global. No entanto, não foi capaz de atingir o nível máximo de funcionalidade, mesmo após 8 meses de reabilitação, pois a melhora da força muscular dos membros inferiores se deu de forma lenta e progressiva. Além disso, aos 8 meses o tratamento precisou ser interrompido devido a pandemia de COVID-19. A literatura acerca dessa patologia é escassa, não há estudos de reabilitação específicos para essa população e o paciente em questão desenvolveu uma forma grave da doença que deixou sequelas motoras importantes, o que não corrobora a literatura e reforça a importância da intervenção fisioterapêutica em todos os casos.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherIFRJ - CAMPUS REALENGOpt_BR
dc.subjectMiosite viral; Miosite Aguda Benigna da Infância; Tratamento fisioterapêutico; Reabilitação; Classificação Internacional de Funcionalidade; Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva.pt_BR
dc.titleAbordagem fisioterapêutica na miosite viral: um relato de caso.pt_BR
dc.contributor.authorMedeiros, Victoria Maria Garcia de
dc.typeTCCpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record