Show simple item record

dc.date.accessioned2021-11-24T20:18:22Z
dc.date.available2021-11-24T20:18:22Z
dc.date.issued2019
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/20.500.12083/216
dc.description.abstractA partir de observações feitas ao longo da graduação, há uma falta de compatibilidade entre o ensino tradicional/conteudista apresentado amplamente nos ambientes educacionais e a expectativa dos alunos quanto à construção de seu conhecimento. Identificou-se assim a necessidade de metodologias diferenciadas que facilitem a compreensão de uma disciplina dita difícil e sua aproximação do cotidiano. Neste contexto, o presente trabalho relata a aplicação do Método de Caso como metodologia ativa em uma turma de 2º ano do Ciep 170 – Gregório Bezerra, relacionando de forma interdisciplinar a temática Química e Saúde bucal para investigar a influência da metodologia na aprendizagem significativa. Para tal, utilizou-se de uma abordagem qualitativa durante a aplicação de um Estudo de caso guiado por um roteiro investigativo, relacionando conceitos químicos sobre acidez e a doença bucal “Erosão Dental” decorrente desta alteração química no organismo. Buscando sempre interdisciplinar a química e a educação em saúde bucal, a atividade visou a apropriação do conhecimento de forma preventiva, sendo sua metodologia dividida em 4 etapas: 1- Identificando o problema, onde a conexão entre a doença e os conceitos químicos foram estabelecidos valorizando os conhecimentos prévios dos alunos; 2- Encontrando as causas e consequências, introduzindo o caso para estudo e coletando informações para sua solução; 3- De onde vem...?, onde os alunos estabeleceram dentro contexto do caso estudado o que contribui e influencia na acidez e, consequentemente, no agravamento da doença; 4- Desvendando o mistério, com a apresentação das soluções propostas pelos alunos para o problema encontrado no caso estudado. A análise dos resultados obtidos com a atividade revelou que o uso do estudo de caso de forma contextualizada e abordagem investigativa contribuem positivamente para a aprendizagem significativa de conteúdos de Química através de uma participação ativa do aluno na construção de seu conhecimento, o que proporciona sua imersão na atividade e compreensão do conteúdo. Destaca-se ainda que, considerar e valorizar os conhecimentos prévios dos alunos no desenvolvimento do seu saber científico possibilita sua construção, não apenas educacional, mas cidadã. Ao passo que as informações científicas estão atreladas a seu cotidiano, é fornecida a oportunidade de estabelecer seu senso crítico frente a sua realidade. Ademais, a possibilidade de pensar e propor soluções para um problema real desperta no aluno a importância dos conceitos trabalhados e de sua intervenção para a resolução deste, desencadeando a posterior divulgação destas informações recém adquiridas para a população externa, fora da escola.en_US
dc.publisherIFRJ, Campus Duque de Caxiasen_US
dc.subjectLicenciatura em química - Campus Duque de Caxiasen_US
dc.subjectQuímica - Estudo de casoen_US
dc.subjectEducação em saúdeen_US
dc.subjectSaúde bucalen_US
dc.titleQuímica e saúde bucal : Um estudo de caso interdisciplinar como ação preventiva e social para divulgação da ciênciaen_US
dc.typeOtheren_US
dc.contributor.authorGomes, Steffany dos Santos
dc.contributor.authorFraga, Vinicius Munhoz, orient.


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record